GIRO DE NOTICIAS
'

sábado, 13 de outubro de 2018

Aneurisma cerebral põe fim a trajetória da professora Maria José

Maria José marcou uma geração
PILÕEZINHOS (PB) – A professora Maria José Pereira Monteiro, 55 anos, faleceu na noite desta quinta-feira (11/10) no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. Segundo familiares, um aneurisma cerebral tirou-lhe a vida.
Maria José estava aposentada depois de educar uma geração de adolescentes e jovens de Pilõezinhos. Sorriso e humildade marcaram sua trajetória na sala de aula. Nas redes sociais, ex-alunos relembraram passagens marcantes da vida da professora. Nas últimas horas a cidade silenciou diante de uma perda tão repentina. Até o último domingo (07/10) Maria José estava a conversar com todos que passavam em frente ao seu comércio, como sempre fazia cotidianamente, até a chegada de uma forte dor de cabeça. De lá pra cá, o jeito extrovertido e espontâneo da professora foi silenciado.
Familiares informaram que o velório acontecerá na Câmara Municipal de Vereadores e o sepultamento ocorrerá nesta sexta-feira (12/10), às 16h, no Cemitério Local.
Durante os últimos dias, grupos de oração ocuparam a Igreja Matriz para rezar pela recuperação de Maria José. Hoje, rezam pelo conforto da família e amigos.
A notícia suspendeu a Sessão Ordinária da Câmara Municipal, que costumeiramente acontece às quintas-feiras. A Casa José Alves de Melo está de luto. A prefeita Mônica Cristina, em nome do Município, lamentou a perda irreparável.
Maria José deixa Roberto (esposo), Roberta, Robério, Roberto (filhos) e Roberto (Neto).
No último dia 13 de setembro Maria José participou do desfile cívico da cidade. Ela integrou o bloco de ex-professores do Colégio Sílvio Porto.
O que é um aneurisma?
O aneurisma cerebral é uma dilatação, espécie de “bolha”, na parede de um vaso sanguíneo do cérebro (artéria intracraniana). Os aneurismas são decorrentes de uma fraqueza na parede das artérias cerebrais, sem uma razão bem definida na maioria dos casos.
Sintomas:
O sintoma mais conhecido é a dor de cabeça com início súbito e forte intensidade, decorrente da ruptura da parede do aneurisma e sangramento ao redor do cérebro, conhecido como hemorragia subaracnóide. Entre os pacientes que apresentam sangramento do aneurisma, 50 a 60% morrem por consequência direta do aneurisma e complicações associadas. Destes, 10% morrem antes de serem atendidos por um médico.​​
Procure imediatamente um médico caso sinta:
  • Dor de cabeça súbita acentuada (“pior dor de cabeça de sua vida”);
  • Perda ou alteração no nível de consciência súbita;
  • Rigidez no pescoço;
  • Súbita presença de visão dupla ou borrada;
  • Súbita dor acima ou atrás dos olhos ou dificuldade para enxergar;
  • Súbita dificuldade para andar ou tontura;
  • Súbita fraqueza e alteração de sensibilidade;
  • Sensibilidade à luz (fotofobia);
  • Convulsões;
  • Queda da pálpebra.
Rafael San – ManchetePB 

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Jaelson MonteiroSeguro Desenvolvido Por Netinho Soluções Web.