GIRO DE NOTICIAS
'

sábado, 10 de março de 2018

Neto Mendes afirma deixar chefia de secretaria de governo nos próximos dias



O jovem recém-formado em Direito pelo Centro Universitário de João Pessoa-UNIPÊ, Neto Mendes, afirma que deixará nos próximos dias o cargo de Chefe de Gabinete da atual administração municipal em Pilõezinhos.
O fato se dá por motivos de ordem superior, ligados a incompatibilidade do exercício da advocacia com o cargo público de secretário municipal. Neto está na pasta desde 02 de Janeiro de 2017 e sempre procurou tratar os demais servidores com imparcialidade e atenção, supervisionando o trabalho dos mesmos, emitindo contracheques, auxiliando a chefe do executivo municipal, formulando contratos de diversas naturezas, dentre outras atribuições.
- Sinto que o dever foi devidamente cumprido nesses 15 meses que fiquei à disposição do serviço público municipal, tratei todos com o respeito e atenção devida, nunca distingui A de B, isso me deixa bastante feliz.
Agradeço a Prefeita Mônica toda confiança em mim depositada, foi um aprendizado enriquecedor, jamais esquecerei a troca de experiência vivida. Levarei na bagagem de minha vida esse cargo. No mais, também levarei a saudade dos pilõezinhenses que nos visitam constantemente, bem como dos colegas: Luizinho; Aline; Marcela; Raimunda; Neném; Durval; Nildo; Jefferson; Neto de Dinho e Edvan. Acredito que não existe nada mais gratificante que uma boa e verdadeira amizade. (Destacou Neto Mendes).

Roberto e Neto Mendes
PILÕEZINHOS – (PB) – A gestão de Mônica Cristina fará a segunda mudança em seu secretariado. A primeira foi na pasta da saúde quando Antonio Marcos substituiu a enfermeira Cilede Pereira. Agora, o Chefe de Gabinete Neto Mendes, por incompatibilidade com o exercício da profissão de advogado, dará lugar ao seu pai Roberto Mendes. Até aí normalíssimo, se não fosse a peculiaridade que cerca esta mudança. Vejamos:

Já se passaram 29 anos da última posse pública de Roberto Mendes em 1989 como Vice-prefeito. Mesmo atuando como excelente articulador eleitoral e imprescindível homem dos bastidores, Roberto vivia um longo “jejum de portarias e livros de posse” que só será quebrado em nome do filho que seguirá outros rumos. Se é verdade que pelo santo se beija o altar, este será um beijo de alma e coração. Roberto Almeida da Silva exerceu o cargo de vereador de 1983 a 1988, tendo sido o mais votado do pleito com 168 votos. De 1989 a 1992 foi vice-prefeito na gestão de Maria Zelita Ferreira Alves, atingindo a marca de 1.690 votos. Sem nenhuma dúvida sua experiência engrandece qualquer administração. Inevitavelmente, Roberto representará com maestria o espaço político de Neto e Júnior Mendes.

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Jaelson MonteiroSeguro Desenvolvido Por Netinho Soluções Web.