GIRO DE NOTICIAS
'

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Dupla é presa e aves são apreendidas pela Polícia Ambiental na feira de Guarabira

Na manhã desta quarta-feira (26), uma operação da Polícia Ambiental foi realizada na feira de Guarabira, no intuito de combater os crimes ambientais contra animais silvestres, especialmente a comercialização de aves, prática cultural muito comum na região.

O Tenente Renan, da Polícia Militar Ambiental, disse que esse é um tipo de operação realizada não só em Guarabira, mas em outras cidades da Paraíba. “Foi realizada a abordagem e constatamos que várias pessoas estavam comercializando várias aves silvestres, porém, só duas pessoas foram detidas e aproximadamente 60 aves foram apreendidas. Nós tivemos dificuldade, mas a polícia ambiental está acostumada com esse tipo de trabalho, combatendo a criação de aves silvestres em cativeiro.”
Renan também informou que essa cultura de criar e vender aves não pode continuar: “é uma cultura de devastação do ambiente. Em nossas palestras, uso uma analogia e pergunto: Quem gostaria de viver preso?”.
Dois homens foram pegos em flagrante e encaminhados à delegacia para que sejam tomadas as medidas cabíveis. Segundo o Tenente, a multa por ave não ameaçada de extinção chega a 500,00 e sendo ave ameaçada de extinção é de 5 mil reais. As espécies que foram apreendidas hoje serão levadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres em João pessoa, onde biólogos especialistas vão analisar a situação de cada uma e ver a possibilidade de retornarem á natureza.
O oficial informou que existe um cronograma e outras operações acontecerão em Guarabira. “O Batalhão Ambiental continua na luta para extinguir esse tipo de crime”.
Os crimes ambientais podem ser denunciados pelo número 190 ou ligando para o Batalhão Ambiental através do fone: 3218-7222

ManchetePB com Nordeste 1

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Jaelson MonteiroSeguro Desenvolvido Por Netinho Soluções Web.