GIRO DE NOTICIAS
'

terça-feira, 9 de junho de 2015

Pilõezinhense Sebastião da Silva enfrenta problemas em sua saúde.

Um acidente vascular cerebral (AVC) afastou momentaneamente dos palcos um dos maiores nomes do repente e da viola. Sebastião da Silva de 70 anos, reside em Caicó/RN e é um poeta reconhecido em todo o Brasil. Segundo a família, Sebastião está hospitalizado em Natal.
Raquel Alves, filha do poeta, utilizou seu perfil no Facebook para pedir orações dos admiradores e fim de boatos maldosos:
“Queria pedir as pessoas que quem não poder ajudar com orações por favor não atrapalhe com boatos … Meu pai Sebastião da Silva, infelizmente teve um Acidente vascular cerebral (AVC), mas estamos lutando e dando nosso melhor para sua recuperação. Ele está sendo assistido e orientado pelos médicos, que recomendaram a sua transferência para Natal para melhor avaliação e acompanhamento dos melhores profissionais neste assunto. Ele está bem na medida do possível, está consciente e reconhece a todos! Então queria pedir encarecidamente as pessoas um pouco de compreensão e parem com boatos a respeito … Pois no momento nós precisamos nos unir em oração e pedir pela sua recuperação. Vamos todos rezar: Familiares, amigos e fãs para que, logo logo ele possa está nos enchendo de alegria com seu canto e seu repente”.
ção. Ele está sendo assistido e orientado pelos médicos, que recomendaram a sua transferência para Natal para melhor avaliação e acompanhamento dos melhores profissionais neste assunto. Ele está bem na medida do possível, está consciente e reconhece a todos! Então queria pedir encarecidamente as pessoas um pouco de compreensão e parem com boatos a respeito … Pois no momento nós precisamos nos unir em oração e pedir pela sua recuperação. Vamos todos rezar: Familiares, amigos e fãs para que, logo logo ele possa está nos enchendo de alegria com seu canto e seu repente”.
Hoje pela manhã, o poeta Severino Feitosa, amigo pessoal de Sebastião Silva, conversou com o também poeta Aquino Neto, que em Natal acompanha a família. Aquino afirmou que permanece grave o estado de saúde de Silva. Ele continua na UTI e os médicos afirmaram que nesse momento a recuperação depende crucialmente da reação do paciente.
“Ele não fala, mas se comunica por gestos. A família está muito comovida com a solidariedade de todos e continua pedindo as orações, no sentido de que ele tenha restabelecida sua saúde”, afirmou Aquino.
“Os poetas dependem essencialmente da memória e da voz. Um pota sem a voz é mesmo que uma estátua em praça pública”, comentou Severino Feitosa, para quem Sebastião Silva é um dos maiores nomes da poesia popular no  Brasil.
As informações foram prestadas durante o programa “Grande Jornal 850″, da Rádio Rural, em entrevista concedida aos âncora Greice Targino e Eraldo Luis.
Sebastião nasceu no dia 06 de janeiro de 1945 no Sítio Camará do município de Pilõezinhos no Brejo Paraibano. Começou a cantar no final dos anos 50 com poetas como Oscar Bento de Freitas, José Júlio do Nascimento, José Xavier, José Crispim, que foram seus primeiros mestres. Mais tarde formou dupla com grandes nomes a exemplo de Heleno Bertoldo, Antonio Nunes de França, entre outros.
Passou 31 anos de sua carreira ao lado do poeta Moacir Laurentino, com quem tem vários trabalhos gravado. Já conseguiu mais de 200 primeiros lugares em festivais por todo o Brasil.
Considerado por todos como um dos maiores nomes da cantoria de todos os tempos, Sebastião, continua cantando por todo o país, e como ele mesmo disse certa vez, com muita lenha pra queimar. Ele além de um extraordinário repentista, é também um grande cancioneiro, autor de vários poemas e canções, entre eles Estrela que Passa. 
 
 
 
Nordeste1

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Jaelson MonteiroSeguro Desenvolvido Por Netinho Soluções Web.