GIRO DE NOTICIAS
'

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Brasil vence México, no Allianz Parque, no retorno aos gramados brasileiros

No primeiro jogo no Brasil após a Copa do Mundo que terminou com vexame, a seleção brasileira mostrou a eficiência de sempre com Dunga e venceu o México, por 2 a 0. 

O time mostrou bom jogo principalmente na primeira metade, quando conseguiu envolver o adversário e fazer dois bonitos tentos, com Philippe Coutinho e Diego Tardelli. 

Brasil demora a quebrar barreira rival

O Brasil começou o jogo com uma boa postura. Marcava muito forte o adversário e, com a posse da bola, contava com boas opções na armação das jogadas. 

A principal delas era Willian, que chamava o jogo. Diferente de Philippe Coutinho, que demorou um pouco a aparecer. Mas os dois meias tinham muita habilidade. 

Dunga postou em campo um time um pouco diferente. Com uma linha de quatro atrás, depois três volantes e, mais adiantados, Willian, Coutinho e Diego Tardelli. 

O México respondeu com uma linha de três atrás, que conseguiu frear o ataque rival. Apesar das boas opções e da movimentação, a seleção brasileira criava pouco. 


O segundo saiu ainda na primeira metade, e após boa jogada coletiva. O lance novamente foi desenhado pela esquerda, e Elias recebeu de Filipe Luís na área. O volante rolou para Tardelli empurrar para a rede. 

Jogo diminui de ritmo

No segundo tempo, os mexicanos aumentaram o tempo com a bola nos pés, o que não significou uma pressão. Jefferson pouco trabalhava. 

Do outro lado, os brasileiros diminuíram muito o ritmo dos ataques. Dunga modificou a equipe. Fabinho entrou na lateral-direita, na vaga de Danilo. Roberto Firmino, Éverton Ribeiro e Douglas Costa entraram na frente em uma linha modificada. Perto do final, Felipe Anderson também entrou.

O jogo perdeu toda a emoção. De positivo, ao menos a compactação defensiva do time da casa, que não deixou o rival esboçar uma reação. 

msn

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Jaelson MonteiroSeguro Desenvolvido Por Netinho Soluções Web.