GIRO DE NOTICIAS
'

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Trócolli admite adesão a Ricardo, mas definição só sai em fevereiro

O deputado estadual Trócolli Júnior (PMDB), deixou para decidir sua posição política na ALPB, no início do mês de fevereiro, se irá ou não fazer parte do segundo governo de Ricardo Coutinho (PSB).
O peemedebista disse que é uma tendência seguir as orientações do seu partido o PMDB no apoio ao socialista, e ainda argumentou  que “todos sabem que eu e o deputado federal Manoel Júnior estamos fora da aliança”; disse Trócolli.
O deputado ainda confirmou que o presidente estadual do PMDB, o senador José Maranhão, solicitou a sua ida até a capital federal, para a secretária de Representação Governamental, Trócolli recusou a proposta, pois problemas familiares o impende de deixar o Estado no momento.
Quando questionado sobre alguns especulações para assumir a pasta de Esporte Recreação e Lazer, o deputado disse que o partido do PMDB precisa de uma secretária executiva para trabalhar pelo Estado e para a captação de recursos e apresentação dos projetos ao Governo Federal.
“O PMDB precisa ter espaço para produzir para o Estado e não como cabide de emprego. Uma secretaria executiva, onde possamos captar recurso, levar projeto para Brasília. O problema do PMDB não é emprego, e sim, poder contribuir e colaborar com projeto o político, pois foi pra isso que ele se uniu ao PSB”, defendeu.
Nordesre1

Postar um comentário

 
Copyright © 2014 Jaelson MonteiroSeguro Desenvolvido Por Netinho Soluções Web.