GIRO DE NOTICIAS

Brasil

Featured Post (Slider)

POLITICA

Banner4

Banner4
Guarabira-PB: Moveis e material para construção

Java

Test Footer 2

ENTRETENIMENTO

online " });

Movie Category 3

Movie Category 5

Publicidade

Sub menu section

Publicidade

Quem sou eu

Minha foto
Sou comerciante, Agente de vigilância Santinária, Técnico em Parabólicas e atualmente sou Vereador pelo 1º mandado e eleito presinde também,hoje exerço o função de Vice Presidente na Cãmara Municipal de Pilõezinhos. Sou filho de: João Monteiro e Oneide Constantino Monteiro.

Lista de Blog's

Seguidores

CIDADES

POLÍTICA

Galeria de Fotos

Policial

'

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Pilõezinhos está ABAIXO do limite PERMITIDO! Aponta TCE-PB, em relação a gastos públicos!


Mais uma vitória a ser comemorada! Constatação do TCE aponta que a cidade de Pilõezinhos está abaixo do limite permitido de gastos com a Folha de Pessoal . Parabéns!
O índice positivo deste resultado, comprova simplesmente os bons frutos de uma gestão que vem a passos firmes sendo exemplo na região. Mesmo com todas as dificuldades que recebeu e as já existentes, o município de Pilõezinhos que há pouco tempo atrás era sinônimo de desconfiança, escândalo e desorganização, hoje respira outros ares e implanta uma forma de governo organizada e responsável que só beneficia o cidadão de bem e consciente que precisa de respeito. 
VEJA OS LINKS ABAIXO


Acusado de estuprar menina de 11 anos chora e pede perdão.

Estou muito decepcionado comigo mesmo. Estou muito arrependido e peço [perdão] a minha mãe e meus filhos e meus irmãos que estão me assistindo. Só quero que meus filhos e minha mãe me perdoem”. Foi chorando e com essas palavras que Odmilson Barbosa da Silva, de 50 anos, suspeito de estuprar e engravidar a enteada de 11 anos, reagiu ao ter a prisão preventiva mantida durante audiência de custódia nessa segunda-feira (18).
Após a audiência, o suspeito do crime foi encaminhado ao pavilhão PB 4, no Presídio do Roger, setor onde permanecem presos que não pertencem a facções criminosas e presos por estupro.
Apesar de não confessar claramente que estuprou a menina, ele chora e diz que se arrepende.
O caso ganhou repercussão quando a criança deu à luz a seu primeiro filho, no último domingo (10), numa maternidade de João Pessoa. O padrasto estava sendo procurado, suspeito de ter estuprado a criança desde quando ela tinha dez anos.
Ele foi encontrado na casa de parentes, onde estava se escondendo.

Rafael San/Correio da Paraíba

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Padrasto teria abusado criança de 11 anos durante oito meses

Autoridades concederam entrevista
As polícias Civil e Militar de Pernambuco deram, na tarde desta quinta-feira (14), os detalhes da prisão de Odmilson Barbosa da Silva, 51 anos, suspeito de estuprar e engravidar a enteada de 11 anos em João Pessoa.
De acordo com o delegado seccional de Apipucos, Manuel Martins, os abusos haviam começado quando a criança completou 11 anos.
“Ficou constatado que ele teria, mediante violência, estuprado a enteada, um dia depois do aniversário dela de 11 anos. Ele praticou sexo de setembro até dezembro, quando ela ficou grávida e depois continuou até maio desse ano, quando a menina passou mal e foi levada para uma unidade de saúde”, explicou.
O delegado afirmou ainda, durante uma entrevista coletiva, que a garota confessou que sofria abuso do padrasto, mas tinha medo de contar algo.
Já o tenente-coronel Luciano Nunes afirmou que a polícia chegou até Odmilson, que estava em uma comunidade na capital pernambucana, após moradores do local espalharem uma foto dele informado que ele tinha mantido relações sexuais com a enteada.
“Ontem pela manhã a gente recebeu a informação de que tinha um elemento vindo da Paraíba e estava sendo compartilhada foto dele nas redes sociais. Foi aí que a gente conseguiu capturá-lo. No momento, ele não reagiu, mas estava com medo de sofrer linchamento”, detalhou.
O homem será encaminhado para Paraíba onde passará por audiência de custódia e se for condenado por estupro de vulnerável poderá pegar de oito a 15 anos de cadeia.

ManchetePB com MaisPB
 
Copyright © 2014 Jaelson MonteiroSeguro Desenvolvido Por Netinho Soluções Web.